Apaixonada pela fotografia desde a adolescência, o grande amor pela profissão aconteceu ao encontro de uma grande amizade em 2014, onde experiências estão sendo passada desde então, e um legado sendo estabelecido para próxima geração.

Como uma fotografa que ama o que faz, procuro captar sentimentos latentes e personalidades vivas
de cada pessoa fotografada, desta forma toda sensibilidade é um dom que permite eternizar momentos jamais descritos.

Ser “fotógrafa” vai alem do clicar. Ser fotógrafa é transmitir, é emocionar, é criar, por isso existem muitos
que fazem fotos, mas só os melhores fazem arte no fotografar!